Introdução

No período de 1997 a 2000, o Brasil registrou significativa produção de artigos e trabalhos completos em anais de eventos nacionais e internacionais, totalizando aproximadamente 236 mil publicações. No período de 2000 a 2003, o volume aumentou para 480 mil, representando crescimento superior a 100% (CNPQ, 2005). Certamente, esse fato decorre do crescimento do número de mestrados e doutorados no país, especialmente nas regiões Sul e Sudeste. Somente nos últimos sete anos, foram criados 872 novos cursos de mestrado e 492 de doutorado (CAPES, 2006).

Esse aumento de produção também se verifica na área das ciências administrativas, conforme demonstrado pelas estatísticas do Encontro da Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração (Enanpad).

Em 2002 foram submetidos 1.998 artigos à prévia avaliação do Enanpad. Em 2003 foram enviados ao evento 2.332 artigos; e em 2004 registrou-se mais um salto: foram submetidas 3.073 produções. Em 2005 o número de artigos enviados para o evento novamente superou as expectativas, totalizando 3.020. Nos últimos anos, um tema bastante debatido no Enanpad foi o modelo Balanced Scorecard (BSC).

Criado por Kaplan e Norton em 1992, o BSC foi concebido com o intuito de medir o desempenho das organizações, por meio de um scorecard multidimensional capaz de balancear as medidas de curto e longo prazos e as medidas financeiras e não-financeiras de desempenho. Esse modelo proporciona uma rápida e abrangente visão atual e futura do negócio, ao contemplar indicadores financeiros e não-financeiros, que facilitam o acompanhamento dos resultados em direção às estratégias traçadas.

Muito se tem discutido no meio acadêmico sobre a necessidade de adoção de rigor metodológico na condução das pesquisas, mas ainda é comum observar-se nas áreas de Administração e Contabilidade a divulgação de pesquisas em eventos e revistas científicas que nem sequer comentam os procedimentos metodológicos adotados nos estudos. Nesse contexto, decidiu-se pela elaboração de um estudo que venha a responder ao seguinte problema de pesquisa: Quais as principais metodologias de pesquisa e técnicas de coleta e análise de dados adotadas na condução dos estudos sobre BSC publicados em periódicos e eventos de Administração e Contabilidade no Brasil? Dessa forma, a pesquisa tem por objetivo discutir as metodologias e técnicas de pesquisa adotadas nos artigos publicados no Brasil nas áreas de Administração e Contabilidade elegendo como tema central o BSC. Realizou-se estudo exploratório, de natureza qualitativa, delineado por pesquisa bibliográfica, tomando-se por base 54 artigos publicados no período de 1999 a 2006. Para seleção dos artigos, foram examinados trabalhos apresentados nos eventos Enanpad, 3Es e Congresso USP de Controladoria e Contabilidade.

Também foram investigados artigos publicados nas seguintes revistas: Revista de Administração de Empresas (RAE), Revista de Administração de Empresas (RAEEletrônica), Revista de Administração (RAUSP), Revista Eletrônica de Administração (REAd), Revista de Contabilidade e Finanças (RCF) e Revista de Administração Contemporânea (RAC). A escolha dos eventos e revistas deu-se em função de suas respectivas classificações pelo sistema Qualis de qualificação de eventos da Capes para o triênio 2004-2006. Os eventos e revistas citados são todos considerados de nível “A” pela Capes.

A presente pesquisa parte da premissa de que trabalhos publicados em eventos ou revistas classificados no nível “A” pelo sistema Qualis da Capes apresentam de forma explícita o problema, os objetivos e a metodologia de pesquisa, sendo esses os requisitos mínimos exigidos dos pesquisadores quando da elaboração de seus estudos.